Comentários

(65)
Tiago Barros, Advogado
Tiago Barros
Comentário · há 16 dias
Nobre colega, entendo e respeito o seu ponto de vista. Entretanto, discordo quanto à alegação de contrariedade à Constituição, uma vez que a fundamentação da decisão não foi tão somente o "poder geral de cautela" do magistrado, e sim pautada no núcleo fundamental que dá validade a todo nosso ordenamento jurídico, qual seja a vida e a dignidade humana.

Acompanho e concordo com o querido mestre Lênio Streck, mas nesse caso não observo como mero ativismo judicial, ou mesmo uma arbitrariedade interpretativa.

O seu argumento seria o mesmo se o magistrado apontasse em sua decisão uma fonte de custeio?

um abraço a todos.
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Rio de Janeiro (RJ)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Tiago Barros

Entrar em contato